terça-feira, 20 de maio de 2008

Regata "Santa Joana"







Com a organização do Sporting Clube de Aveiro a ria encheu-se mais uma vez de pequenos barcos à vela para ver a Regata Santa Joana Princesa, integrada nas Festas da Cidade. Eram miúdos e graúdos que dávam vida à vela, puxavam cordas, deslizavam pelo barco, colocavam-se a favor do vento e da corrente...
Só quem lá esteve observou estes pormenores... Eram poucas as pessoas que apreciaram este espectáculo único que dezenas de velas brancas deram ao vaguear pelas águas da nossa ria.
Aqui ficam algumas fotos...


5 comentários:

Gustavo Miranda disse...

Mas que belo título, colocou neste seu post...
Gostaria de saber o porquê desse tao robusto nome e qual a relação existente entre a Padroeira da nossa cidade e a regata de que fala este seu post!
Outra particularidade que achei bastante interessante foi a importância que deu às velas pois sem elas esta regata não seria possível!
Contarei consigo para me continuar a surprender e a divulgar estes tantos típicos assuntos desta tão marítima e salgada cidade de Aveiro!

Martinha disse...

E foi um bom momento.
Não estive lá para ver, mas as fotos são muito elucidativas. ;)

Beijinho Sónia *

Eira-Velha disse...

Belas fotografias, de um local e de um evento que não permitiria fazer por menos, sem desprimor para o contributo da fotógrafa:)
E os flamingos também propiciaram imagens muito belas...
Parabéns e obrigado por partilhar.

Sónia Neves disse...

Caro Gustavo:

Obrigada pelo seu comentário! Aproveito para esclarecer que esta regata se enquadra nas festas da nossa cidade em que a padroeira é Santa Joana Princesa, daí o nome desta regata.

Cara Martinha:

Há muito que não aparecias por cá! É bom voltares e gostares do que vês!;)

Caro "eira-velha":
Obrigada pela sua visita a esta Gaivota! Prometo continuar a partilhar daquilo que sei, do que vejo, sinto e consigo fotografar!

Cumprimentos para todos,
Sónia

Vitor Carinhas disse...

bom dia cagaré:

Como gostava de navegar pela ria de aveiro na tua companhia, para que me mostrásses todas as suas belezas.
Penso que navegar ao sabor ads ondas, deve transmitir uma sensação
de leveza e liberdade.
Cumprimentos
Vitor Carinhas


Visitas a este Blog